quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Dimensões e suas variáveis de análise - Sustentabilidade 3° setor

Administração Estratégica - ações voltadas para o planejamento; missão e visão definidas; avaliação do seu ambiente interno e externo; estratégias de ação formuladas; coerência entre as estratégias e a missão e a visão organizacionais; formulação das estratégias; estabelecimento de indicadores de desempenho; processo de avaliação e revisão da missão, visão e estratégias; atores participantes no processo; frequência de realização do processo; implementação das estratégias adotadas.
Gestão de Pessoas - Política ou prática que visa auxiliar na gestão de pessoas; planejamento de RH; práticas de treinamento e/ou cursos de reciclagem, estabelecimento da remuneração, funcionamento do processo de recrutamento e seleção; avaliação de desempenho; planejamento de carreira; ator responsável pelas políticas e práticas de RH; revisão destas práticas; funcionamento destas práticas.
Administração de Recursos - Fontes de recursos da organização; existência da atividade que gera recursos; mapeamento das principais fontes de recursos; atividades que a organização realiza para captação de recursos; decisões sobre estas atividades; confecção de um plano de captação de recursos; ator que realiza captação de recursos na organização.
Gestão de Impactos - Iniciativa/ação da organização para tratar/gerenciar as mudanças que ocorrem na realidade do beneficiário da ação da organização; procedimentos para avaliar as ações de avaliação de impacto; estabelecimento dos objetivos a serem atingidos; atores que constroem os procedimentos de avaliação; feedback sobre a adequação dos instrumentos de avaliação; fatores que facilitam e dificultam o sucesso das ações organizacionais.
Capacidade de Accountability - Comunicação das atividades, gasto de recursos etc aos stakeholders da organização; reuniões, assembléias e outros eventos para discussão e exposição das atividades que a organização está realizando; participantes destas reuniões; críticas e sugestões feitas por stakeholders ás atividades da organização; relatórios e outro tipo de material veiculado com o intuito de prestação de contas; confecção e endereçamento destes materiais.
Capacidade de Advocacy - Existência de linhas de comunicação entre a organização e os formuladores de políticas públicas; benefícios obtidos através desses canais de comunicação; grupos de pressão sobre temas específicos e sobre temas abrangentes para influenciar políticas públicas; sucesso destes grupos; mecanismos que possibilitam a participação das Organizações do terceiro setor na formulação de políticas; liderança em ações para aumentar a conscientização sobre problemas públicos e apoio á posições particulares; esforço das organizações do Terceiro Setor para promover reformas no sistema legal que beneficiem o setor; as ações filantrópicas etc.
Gestão da Imagem Pública - Contatos com a mídia local e nacional; análises que a mídia faz sobre o papel da organização na sociedade; percepção do público em geral; do setor privado e do governo federal e local sobre a organização; mídias em que a organização divulga suas atividades e promove sua imagem.
Administração de Parcerias - Parcerias que a organização possui com outras organizações do Terceiro Setor; empresas e órgãos públicos; recursos envolvidos nas parcerias; início das parcerias; iniciativa da organização em relação às parcerias; pontos positivos e negativos das atuais parcerias; parcerias que não deram certo.
Sistema Legal - Legislação sobre o Terceiro Setor; percepção da legislação sobre as organizações do Terceiro Setor; estimulo ao registro das organizações; detalhamento de como deve ser a administração interna; o escopo das atividades; os relatórios financeiros e a forma de dissolução da organização do Terceiro Setor; existência de profissionais familiarizados com a legislação sobre o Terceiro Setor; beneficios fiscais que estas organizações gozam; impostos sobre doações; benefícios fiscais para doadores pessoas físicas e jurídicas.
Legislação sobre o Meio-Ambiente: Percepção da legislação ambiental; estimulo ao trabalho das organizações ambientais; eficácia da legislação; existência de profissionais familiarizados com a legislação ambiental.
FONTE:
CARVALHO, Débora Nacif de. Gestão e Sustentabilidade: um estudo multicasos em ONGs ambientalistas em Minas Gerais. Orientadores: Prof. Ivan Beck Ckagnazanoff Prof. Allan Claudius Queiroz Barbosa. Belo Horizonte, 2006. 157 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Minas Gerais, Centro de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário